Síndrome de Escápula Crepitante

Sandra Morgado, Filipe Antunes

Resumo


O Síndrome de Escápula Crepitante é um síndrome raro que consiste essencialmente na crepitação audível e/oupalpável da escápula com os movimentos no plano escapulo-torácico. Esta crepitação está frequentementeassociada a omalgia ou cervico-dorsalgia, sendo esta a razão principal pela qual os doentes procuram apoiomédico.Este síndrome pode ter várias causas, tendo como substrato anatómico as várias estruturas envolvidas nomovimento escapulo-torácico (ósseas, musculares, bursas…). O diagnóstico desta entidade é essencialmenteclínico podendo os exames auxiliares de diagnóstico ser úteis no esclarecimento da etiologia.Geralmente a abordagem terapêutica do Síndrome de Escápula Crepitante é conservadora, englobando umprograma de reabilitação que inclui medidas analgésicas com meios físicos e farmacológicos. A abordagemcirúrgica poderá apresentar resultados favoráveis nos casos refractários ao tratamento conservador, embora nãoseja consensual a sua execução.Os autores apresentam o caso clínico de um paciente com Síndrome de Escápula Crepitante, a sua abordagemdiagnóstica e terapêutica e uma revisão da literatura acerca desta entidade nosológica.

Palavras-chave: Escápula, Ombro Doloroso, Caso Clínico.


Texto Completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.25759/spmfr.34

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista da Sociedade Portuguesa de Medicina Física e de Reabilitação